Padrão de crescimento e sistema de transportes em Santa Catarina, 1880-1945

Alcides Goularti Filho ; agf@unesc.net ; Brasil

Fecha de envío 2015/08/26   Publicado 2010/01/01

Resumen


O objetivo deste artigo é discutir a formação econômica de Santa Catarina, 1880-1945, com base nos meios de transportes e nas vias de comunicação. O padrão de crescimento da economia catarinense nesse período era lento e pautado na pequena produção mercantil, em que cada microrregião se especializava numa atividade econômica. A combinação destes dois elementos desdobrou-se num sistema de transporte desintegrado. Além da introdução e de uma breve revisão historiográfica, o artigo está dividido em quatro tópicos: inicialmente discutiremos a formação econômica de Santa Catarina, destacando o padrão de crescimento, as principais atividades econômicas e as formações microrregionais; em seguida, será feito um panorama geral do fragmentado sistema de transporte em Santa Catarina, que são as ferrovias e a navegação fluvial; em terceiro lugar, será apresentado um breve esboço sobre o projeto da Rede Catarinense de Viação Férrea, e por último, será discutida a relação entre o padrão de crescimento e os transportes numa economia especializada e fragmentada.

Palabras clave


Transportes; padrão de crescimento; Santa Catarina.



DOI: http://dx.doi.org/10.18232/alhe.v17i2.442

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2015 América Latina en la Historia Económica